Tuesday, April 24, 2012

X Caravana de Atividades

A ACMB entra no seu terceiro ano de funcionamento e realiza a X Caravana de Atividades no dia 16 de Maio. Tradicionalmente, a ACMB abre o seu ano de trabalho com a apresentação de uma peça de teatro infatil objetivando levar alegria e aprendizagem às crianças em idade escolar de Lagoa Vermelha, RS. Além disso, as peças teatrais proporcionam às crianças oportunidades para experienciar atividades artísticas, culturais e educacionais. Paralelamente à peça de teatro, a ACMB também promove Contação de Histórias para as crianças das creches municipais. A ACMB tem orgulho em promover a apresentação de uma peça infatil produzida pelo grupo teatral local de Lagoa Vermelha, Pararraros, o qual sob a direção de Vanessa Leite, apresenta o clássico de Hans Christian Andersen, adaptado por Renato Campão; “O Soldadinho de Chumbo.” O elenco do espetáculo é formado por: Arthur Muliterno (boneco de molas), Erivelton Cassol (Soldadinho de Chumbo), Patrícia Bittencourt (bailarina) e Stefani Valente (Marionete).
Pelo terceiro ano consecutivo, a ACMB agradece o patrocínio da empresa Manbel móveis e, mais uma vez, o apoio da SER Lagoense, os quais juntos, possibilitaram a apresentação para um maior número de crianças neste ano de 2012. A ACMB convida as crianças de pré, 1as e 2as séries a atenderem ao espetáculo no dia 16 de maio, às 13h30min na SER Lagoense. E as crianças de 3as e 4as séries ao espetáculo as 15h30min no mesmo dia e local. Os ingressos estarão à venda pelo preço popular de 1 real e podem ser adquiridos nas escolas e no Bar Viali.
“Sempre fazemos avaliações de nossas atividades e oferecer horários diferenciados de acordo com as turmas foi uma sugestão do ano passado. Também, é uma expectativa atender um número maior de crianças. Estamos felizes em oferecer esta nova opção e contamos com a participação das escolas. Cada escola precisa selecionar uma ou duas turmas para participar da atividade, de acordo com a sua disponibilidade e interesse, devido a limitação de espaço. Acreditamos que estes alunos levarão a mensagem para os demais. Desde já agradecemos os patrocinadores e o apoio da mídia e das escolas.”
Melissa Bonotto – presidente da ACMB. Destaca-se que todo o trabalho da ACMB é realizado por voluntários. Em cada caravana de atividades, membros colaboradores dedicam um pouco do seu tempo e ajudam com o que podem oferecer, sempre objetivando promover atividades culturais às crianças do município, de uma forma simples e levando valores humanos. Se você tem interesse em participar e colaborar de alguma forma, por favor entre em contato pelo e-mail: aculturalmonicabonotto@gmail.com ou acompanhe as nossas atividades aqui pelo blog ae nas páginas da ACMB no Orkut e Facebook.

Thursday, April 19, 2012

Uma fonte de idéias: palestras TED

Olá! Continuando nossa série de posts que apresenta recursos para inspirar novas idéias relacionadas à educação e à cultura, queremos compartilhar com vocês o Site de palestras TED

TED é uma organização sem fins lucrativos dedicada a divulger idéias que valem a pena espalhar. A TED começou em 1984 como uma conferência para promover encontros entre pessoas de três áreas: Technologia, Entretenimento e Design. Desde então, seu escopo aumentou. Mais conferências foram criadas pelo mundo todo e um site foi desenvolvido para disseminar as apresentações que palestrantes fazem nessas conferências. Os palestrantes tem o desafio de descrever uma idéia inovadora para a platéia em 18 minutos ou menos. Isso quer dizer que os vídeos são curtinhos, fáceis de assistir – e cheios de inspiração!
No site, TED disponibiliza mais de 1000 palestras, e novos videos são adicionados ao site toda semana. Quase todas as palestras são em inglês, mas a boa notícia é que muitas palestras tem legendas em português! Além disso, como o objetivo do TED é disseminar idéias, você pode usar os vídeos em sala de aula, copiar no seu blog, mandar para os amigos pelo Facebook...sem nenhum problema.
O blog da ACMB selecionou uma palestra TED para os leitores, mas muitas outras estão disponíveis no Site de palestras TED Então passe por lá, assista, e inspire-se!

Palestra de Peter Diamandis: Abundância é nosso futuro
No palco do TED2012, Peter Diamandis defende o otimismo -- que nós inventemos, inovemos e criemos meios de resolver os desafios que pairam sobre nós. "Não estou dizendo que não temos problemas; certamente os temos. Mas no final, nós acabaremos com eles".
video

Sunday, April 15, 2012

Entrevista com colaboradores: Daiane Scaraboto

No segundo post da série de entrevistas para você conhecer melhor os colaboradores da ACMB, apresentamos uma entrevista com Daiane Scaraboto, que cuida da presença da ACMB em redes sociais na internet, incluindo este blog! Daiane é catarinese, mas atualmente mora em Toronto, no Canadá. De lá, atualiza o blog da ACMB e participa das reuniões com outros colaboradores pelo MSN Messenger.
Daiane é formada em publicidade pela UFSM e atualmente está terminando doutorado em Marketing. Sua pesquisa e as matérias que ensino tem tudo a ver com a internet e redes sociais. Por isso, ela explica que passar muito tempo no Facebook, Twitter, lendo blogs e vendo sites para ela é trabalho (claro que um ótimo trabalho!). Daiane é colaboradora da ACMB desde novembro de 2009.

Daiane no Zoológico de Toronto (antes de seu chapéu voar pra dentro da área do leão :)

Blog ACMB: O que a levou, pessoalmente, a se tornar membro da Associação Cultural Mônica Bonotto?
Conheci a Melissa Bonotto na faculdade, em Santa Maria. Depois da faculdade não tivemos muito contato pessoalmente, cada uma morando em um canto do mundo...Um dia, em Novembro de 2009, recebi um e-mail da Melissa em que ela contava a história da sua irmã, Mônica, e convidava os amigos a voluntariar para a ACMB, que estava iniciando. Como eu conheço a Melissa e sei o quanto ela é engajada e dedicada a tudo com que se envolve, topei na hora!

Blog ACMB: De quais atividades você participa na ACMB?
Eu ofereço o que sei fazer de melhor – criar conteúdo para a internet e redes sociais. Criei o primeiro blog da ACMB no Tigweb, depois este blog atual (www.acmonicabonotto.blogspot.com) e há poucas semanas, a página e grupo da ACMB no Facebook. No futuro, poderemos ter presença no Twitter e ter uma conta Paypal para receber doações de modo seguro pela internet.

Blog ACMB: Você é voluntário ou colaborador em outras associações ou projetos? Se sim, em quais?
Por um tempo voluntariei no Taking it Global (TIG), um portal online, gerenciado por uma organização sem fins lucrativos baseada no Canadá. O site é cheio de informações para jovens, educadores, e organizações interessadas em causas sociais. Eu ajudava a traduzir textos do site do inglês para o português.

Blog ACMB: Quais são, em sua opinião, os benefícios de ser um colaborador da ACMB?

Para mim, traz o bom sentimento de saber que mesmo estando longe do Brasil eu posso fazer um pouquinho para ajudar a melhorar nosso país. Como sei que outros colaboradores estão dedicando seu tempo e esforço na organização das caravanas, buscando patrocínios, articulando tarefas com as escolas e crianças...o poquinho que eu faço, somado ao trabalho de todos os outros, me faz sentir parte de uma ação que faz a diferença concreta na vida das crianças atendidas pela ACMB. Além disso, eu cresci cercada de livros e sei como a leitura na infância é importante para desenvolver a imaginação, o gosto pela cultura, o desejo de aprender mais, viajar, entender as pessoas e o mundo.

Blog ACMB: Se você fosse convidada/o a criar um projeto para melhorara qualidade da educação e o acesso à cultura no Brasil, o que você faria?
A resposta da Melissa foi ótima, eu participaria do projeto dela :) Minha mãe e várias tias minhas são ou foram professoras de escolas públicas. Sei como é a realidade do professor e o quanto eles fazem com tão poucos recursos. Eu criaria convênios com instituições e governos internacionais para possibilitar intercâmbios escolares: professores brasileiros teriam a oportunidade de viver experiências differentes em escolas de outros países – e professores estrangeiros viriam vivenciar a realidade das escolas públicas brasileiras. Acredito que estes intercâmbios iriam gerar múltiplas iniciativas, parcerias, troca de idéias e entusiasmo pela educação.

Blog ACMB: Se você quiser adicionar outros comentários, perguntas, ou informações a essa entrevista, fique à vontade!
Quero deixar algumas frases de impacto, ditas por outros muito mais influentes que eu, que podem nos lembrar porque é importante colaborar com causas como a da ACMB:
Se você acha que educação é cara, experimente a ignorância. - Derek Bok

A grande lei da cultura é esta: deixar que cada um se torne tudo aquilo para que foi criado capaz de ser. - Thomas Carlyle

Só a arte permite a realização de tudo o que na realidade a vida recusa ao homem. - Johann Goethe

Monday, April 9, 2012

Easter Eggs Sale (Venda de Ovinhos de Páscoa)


- Texto em Português abaixo -
The idea of colouring eggs shells for Easter came from some of the MBCA – Mônica Bonotto Cultural Association – members. Our goal was to work in a project linking Irish and Brazilian children. Every time we do an activity with children in Ireland and we talk about life in Brazil, we take the opportunity to work multiculturalism and explore many subjects around it. We realized colouring egg shells could also be an interesting way to fundraise for MBCA in order to support our Polish friend, Marta, who is running the Flora mini-marathon for MBCA. We have supported a runner in the mini-marathon in the last two years and the money raised has always been used to buy children books for schools, crèches and orphanages in Lagoa Vermelha, RS, Brazil – places where MBCA promotes its educational activities.
Children got very involved colouring the real eggs shells. Some of them were coloured by Melissa's friend’s children during the Easter break and some of them by pre-scholars at Giraffe Childcare IFSC, where the Latvian Montessori teacher Liana was also happy to support the project. During the process children had so much fun! They liked the idea of colouring real eggs shells and also the opportunity to be very creative and find out things that they could paint on the egg shells: birds, bunnies, funny faces, add glitter, etc.

We would like to thank our Greek friend Katarina who first though about selling the coloured egg shells and offered her own stall at the Dublin Food co-op market in Dublin for us to sell them. We also want to say a BIG THANK YOU to the Food Co-op market which opened its doors for us and made our fundraising action possible.

Melissa and Corina, an Irish friend of MBCA, managed to sell all the eggs shells in a couple of hours. People were interested in seeing that they could put some treats inside the egg shells, which they bought as an alternative way to give Easter gifts while supporting a cause. Talking with food co-op regular visitors and other sellers, we came up with an interesting idea: perhaps next year we can hold a workshop for children in the co-op before Easter and add another kind of tradition to that. For example, colouring goose eggs or using the eggs to make decoration as the Germans do.
We raised 80 Euros during this fundraising action. This money will be added to the Flora mini marathon sponsorship and we will be buying children books in the next few months with the total amount of money raised. We will keep you post about the next steps. Once again, thank you very much for your support!

--Esse post é um agradecimento aos amigos irlandeses que participaram da ação de Páscoa para colorir casquinhas de ovos e vendê-las. Com essa ação, a ACMB arrecadou 80 Euros que serão adicionados a outras doações arrecadadas com a Flora mini-maratona e usados para comprar livros para as crianças de Lagoa Vermelha. Obrigada a todos que apoiaram essa ação! --

Monday, April 2, 2012

Entrevista: Melissa Bonotto

Iniciando uma nova série de posts para você conhecer melhor os colaboradores da ACMB, apresentamos uma entrevista com Melissa Bonotto, que coordena a Associação Cultural Mônica Bonotto, desde seu lançamento, em 03 de junho de 2009. Melissa é gaúcha de Lagoa Vermelha e atualmente mora em Dublin, na Irlanda. De lá, coordena as atividades da ACMB através da Internet. Melissa é formada em Relações Públicas e recentemente concluiu um mestrado em Desenvolvimento Social. Além disso, trabalha como Professora primária na Irlanda.
A gremista de coração conta que mantém as tradições gaúchas na Irlanda: “Levo mate para os parques em Dublin e ando de bombacha.” Melissa adora viajar e explorar novos lugares e suas culturas. Também adora passar tempo com os amigos e, quem a conhece bem sabe, adora dirigir o caminhão do seu pai!


Melissa na Índia, em Janeiro de 2012

Blog ACMB: O que a levou, pessoalmente, a criar a Associação Cultural Mônica Bonotto?
A Mônica era minha irmã mais velha. A sua partida precoce, de forma trágica, deixou muita tristeza. Mas também muitos exemplos de vida. Ela foi uma jovem comum em muitos sentidos, mas por outro lado, especial pela sua maneira de se relacionar comos outros e se disponibilizar pelos outros. Sem medir esforços. Quando meu mano mais novo, o Gustavo, deu a idéia de que deveríamos fundar uma associação para continuar levando a mensagem DE VIDA da Mô para outras crianças, fiquei emocionada e determinada. Quando ela faleceu, apenas com 17 anos, ela tinha um grupo de teatro para apresentar para crianças carentes, cantava no coral da escola, tocava acordeon e coordenava um coral de crianças em um bairro carente do nosso município. Foi este testemunho que nos incentivou a criar uma associação que promove atividades culturais e educacionais extra-curriculares a crianças carentes de nosso município. Somado ao interesse pessoal de preservar o exemplo de vida de alguém que é tão importante pra mim e pra minha família, acredito que educação é um passo essencial para as pessoas terem melhores condições de vida, e luto para que todos tenham acesso. Enfim, voluntariar pra ACMB é, para mim, abraçar uma causa em que acredito fortemente e da qual tenho muito orgulho de fazer parte.

Blog ACMB: De quais atividades você participa na ACMB?
Tenho presidido a ACMB desde o surgimento da idéia e o seu lançamento oficial. A ACMB realiza Caravana de Atividades que acontecem durante semanas específicas, de acordo com a disponibilidade e o interesse dos voluntários. Como a ACMB é uma rede de contatos on-line, todo o planejamento e o contato acontece através da troca de e-mails. Eu mantenho e viabilizo o contato entre os colaboradores voluntários, suas sugestões e idéias e facilito a conexão com as escolas e creches. Antes de cada Caravana de Atividades, por exemplo, trocamos e-mails para decidir a programação, realizamos reuniões no MSN Messenger pra votar em assuntos importantes e definir tarefas e responsabilidades. Um cronograma dos passos a serem tomados é sempre elaborado e controlado. Nosso trabalho também depende muito da recepção das escolas e da interação on-line dos professores. Procuramos sempre fazer uma breve avaliação de cada atividade. Outro ponto da minha participação é distribuir a informação entre os encarregados e para a mídia.

Blog ACMB: Você é voluntária ou colaboradora em outras associações ou projetos? Se sim, em quais?
Sim. Aqui na Irlanda eu sou voluntária do grupo de campanha da Trócaire, uma das ONGs Irlandesas que promove desenvolvimento no terceiro mundo. A Trócaire atua nas linhas de direitos humanos, igualdade de gênero, atividades de subsistência rural e governabilidade em vários países da África, Ásia e América Latina. O setor de campanhas tem como foco reinvindicar direitos e trazer à discussão temas polêmicos e necessários nestes países, promovendo o debate, o estudo e a conscientização destes temas nos países de teceiro mundo, bem como entre os órgãos reguladores mundiais e a população em geral. A Trócaire tem um departamento de educação para o desenvolvimento, o qual trabalha para educar a população irlandesa sobre questões mundias de justiça social. Por exemplo, neste momento, estamos realizando uma campanha de quaresma para reinvidicar os direitos das famílias dependentes da agricultura de subsistência no norte da Uganda, as quais ainda sofrem as consequências dos muitos anos de Guerra civil pelos quais aquele país passou. Uma família foi escolhida para a campanha, então usamos a história da família do Daniel, de 9 anos, para trabalhar vários temas:http://www.blogger.com/img/blank.gif
- Ele caminha uma hora pra chegar na escola;
- Ele é responsável pelo cuidado dos bodes na sua casa e, também, é o responsável por ir buscar a água pra família de bicicleta no poço mais próximo;
- A família dele morou em um campo de refugiados por anos e agora está voltando para as sua área original;
- A Trócaire ajudou a construir as casas e está trabalhando novas formas de cultivo para eles poderem aumentar a produtividade da agricultura de subsistência.
- O Daniel quer ser médico e ajudar a comunidade dele!
Quem quiser saber mais sobre esta campanha ou sobre a Trócaire, pode acessar o site da ONG (em inglês): http://www.trocaire.org/lent

Blog ACMB: Quais são, em sua opinião, os benefícios de ser um colaborador voluntário da ACMB?
No meu ponto de vista o maior benefício de ser colaborador voluntário da ACMB é o fato de poder estar contribuindo (mesmo que seja de uma forma bem pequena) na vida das crianças que mais precisam. Por exemplo, na última caravana quando fizemos doação de livros infantis, encontramos lugares que quase não tinham nenhum! Como educadora, acredito que a criança precisa ter acesso a vários livros, para explorar, descobrir e despertar o gosto pela leitura desde cedo. Também acho que é uma forma de gastarmos um pouco do nosso tempo por uma causa tão nobre em uma sociedade que precisa tanto!

Blog ACMB: Se você fosse convidada a criar um projeto para melhorar a qualidade da educação e o acesso à cultura no Brasil, o que você faria?
O Brasil avançou muito nos últimos anos em relação a promover o acesso à educação a todos. Mas como prioridade, se tivesse a chance de influenciar o sistema de ensino brasileiro, tentaria melhorar a qualidade da educação no Brasil, mexendo em pontos como:
- Aumentaria o salário do professor. O professor tem em suas mãos o poder de promover or regredir as nossas futuras gerações. Eles precisam ser bem pagos e valorizados.
- Promoveria qualificação permanente para os professores. O mundo está mudando muito rápido e o conhecimento precisa ser atualizado.
- Aumentaria e investiria nas bibliotecas impressas e virtuais. Livros e acesso à internet são um ponto fundamental para a aquisição do conhecimento.
- Promoveria cultura em várias expressões dentro e fora das escolas dando a chance para as pessoas conhecerem, explorarem e aprenderem música, literatura, teatro, dança.
- Reformularia o currículo colocando o aluno numa posição crítica de questionador. Onde o aluno é incentivado a pensar, a entender, a questionar, a acrescentar e a interagir, e não apenas a responder um questionário em restritas palavras.
Com este caminho, acredito que educação seria levada a sério em nosso país e, desta forma, seria um instrumento de transformação social.

Blog ACMB: Para encerrar a entrevista, você gostaria de deixar alguma mensagem aos leitores do blog e aos outros colaboradores da ACMB?
Obrigada a todos os colaboradores da ACMB que tornam esta associação única, viável e possível … sem termos uma sala física ou um número telefônico, sem custo administrativo ou de manutenção, em 2 anos, já atingimos em torno de 7000 alunos, 25 escolas e 3 creches municipais. Que a Borboleta dos Sonhos continue transformando vidas.